Muito tem sido dito sobre o Bitcoin e seu recente comício de preços. O desempenho do ativo tem atraído elogios e críticas, com múltiplas especulações flutuando sobre o que poderia acontecer em breve.

Enquanto os proponentes acreditam que este é o início de uma marcha em direção a uma valorização de seis dígitos, os detratores afirmam que é apenas mais uma bolha esperando para arrastar os investidores para baixo. Entretanto, um novo relatório mostra que muitos investidores estão se sentindo mais conservadores em suas perspectivas em relação a ela.

Um Grande Ano para os Investidores
A Genesis Mining publicou sua previsão Bitcoin Investor Prediction para 2020. O relatório mostra uma visão variável do que os investidores esperam que aconteça ao BTC. Enquanto alguns investidores estão em alta no potencial de longo prazo da Bitcoin, outros permanecem conservadores com suas previsões.

A Genesis Mining começou com uma nota explicativa, apresentando as razões pelas quais a Bitcoin se recuperou tanto em 2020, apesar da pandemia. A empresa destacou três razões: o desejo dos investidores por um ativo de porto seguro, o aumento da adoção institucional e o crescimento do mercado financeiro descentralizado (DeFi).

A Genesis Mining também buscou a opinião de outros investidores da Bitcoin. O objetivo era obter insights sobre o porquê e como esses investidores pensam. As perguntas feitas incluíam seu nível de investimento, quando decidiram entrar no mercado Bitcoin, e por que escolheram dar o mergulho.

Não tão em alta no preço de longo prazo
Embora estas perguntas fornecessem diferentes percepções sobre quem eram os investidores, suas previsões de preços eram bastante surpreendentes. Apesar do otimismo em torno da capacidade da Bitcoin em explorar ativos alternativos nos próximos anos, apenas 17% dos investidores pesquisados esperam que a BTC ultrapasse US$ 50.000 em valor até 2030.

Como o relatório do Genesis mostrou, não houve consenso visível sobre onde o preço da Bitcoin estará na próxima década. Entretanto, cerca de 16% dos investidores vêem a Bitcoin oscilando em torno da faixa de preço de US$ 10.000 a US$ 20.000.

Em geral, apenas 50,2% dos investidores acreditam que a Bitcoin terá subido acima da marca de $20.000 até 2030.

Aqueles que ocupavam posições incrivelmente baixas deram várias razões para suas opiniões. Estas incluíam a ameaça de regulamentações rigorosas e uma possível proibição do uso da Bitcoin. Eles também mencionaram a redução da propaganda do mercado e a possibilidade de os CBDCs substituírem os BTC.

Os touros acreditam que o aumento da adoção e o declínio da confiança nas moedas tradicionais seria fundamental para a ascensão da Bitcoin.

Tal disparidade também parece ser a distinção entre este rally e a corrida do touro de 2017. Os investidores são mais realistas em suas previsões do que pensar cegamente que o trem de molho vai continuar em movimento.

Embora as opiniões sobre o valor exato do Bitcoin variassem, havia mais consenso sobre se ele é a melhor classe de ativos.

Como mostrou o relatório Gênesis, 66,3% afirmou que o ativo é uma opção de investimento melhor do que o dólar. 52,3% acreditam que o ativo trará maiores retornos do que o imobiliário, e 54,5% afirmam que o ativo vence o mercado acionário dos Estados Unidos.

Der Leiter des größten Kryptowährungsherstellers Bitmain, Dschihan Wu, hat Skepsis gegenüber dem möglichen Bitcoin-Bullmarkt nach der Halbierung geäußert, berichtet NEWS8BTC.

Wu bleibt jedoch positiv, was die langfristige Entwicklung des Bitcoin-Preises angeht

Obwohl es viele Unsicherheiten gibt, sagt der CEO von Bitmain, auf dieser Webseite dass es im Moment „eine gute Zeit ist, in Krypto-Mining zu investieren“. „Wenn ich ein Bergarbeiter wäre, würde ich nicht mit dem Bergbau aufhören, sondern weiterhin in Bergbaumaschinen investieren. Wir befinden uns derzeit in einer kurzfristigen Preiskorrektur.

Bitmain

Eine langfristige Perspektive zu haben, ist wichtig

Wenn der Preis von Bitcoin nach der Halbierung unverändert bleibt, muss die Effizienz der bestehenden Anlagen verbessert werden, um Effizienz und Rechenleistung in Einklang zu bringen“, fügte Jihan Wu hinzu. Auch wenn mittelfristig Unsicherheit über die Zukunft von Bitcoin besteht, sagte der chinesische Hersteller von Bergbaugeräten bereits, dass er zwei neue Produkte auf den Markt bringen wird, bevor die nächste Bitcoin-Halbierung, die für Mai 2020 geplant ist.

In der Zwischenzeit wird Bitmain demnächst die erste Plattform auf den Markt bringen, die mit Hilfe der World Digital Mining Map (WDMM) die Besitzer von Bergbau-Hardware mit den Besitzern von Bergbau-Farmen verbindet. Zuvor berichtete iHodl, dass das chinesische Kryptowährungsunternehmen Canaan Creative im November dieses Jahres den Börsengang in den USA beabsichtigt. Abonnieren Sie unseren Telegrammkanal, um über die neuesten Krypto- und Blockkettennachrichten auf dem Laufenden zu bleiben.